Nossa História

Nossa História

 

          Desde o final da década de 1970, alguns professores do Departamento de Psicologia da UFSC, comprometidos com demandas da população de baixa renda, começaram, de forma isolada, a desenvolver trabalhos na área de psicologia educacional e clínica. Estes se constituíram como referências fundamentais para a formação de um grupo de discussão e reflexão, que levou à formação do Laboratório de Educação e Saúde Popular da UFSC – LAESP.

      Tais professores tinham em comum, além da atuação na graduação e pesquisa, trabalhos de intervenção na comunidade, nos contextos hospitalares, junto à família e às organizações de educação. Posteriormente, com a separação em dois Núcleos, passou a chamar-se Núcleo de Família, Saúde e Comunidade (NUSFAC).

      Com a aprovação do Programa de Pós-graduação e a criação dos cursos de Mestrado e Doutorado em Psicologia, surgiu uma reorganização dos grupos de professores, por áreas e linhas de pesquisa, as quais se vincularam todos os projetos de pesquisa e extensão, nucleando tanto os alunos de graduação, quanto os de mestrado e doutorado.

        Professores identificados em suas atividades, projetos e aspirações criaram um espaço de troca, estabelecendo intercâmbios nacionais e internacionais. Deste modo, originou-se o Laboratório de Pesquisa em Psicologia da Saúde, Família e Comunidade (LABSFAC), com o intuito de produzir conhecimento na área da Psicologia da Saúde e do Desenvolvimento da Família, além da Psicologia Hospitalar e Comunitária. Inclui pesquisa e intervenção com pessoas, famílias e grupos em diferentes contextos de saúde.

       As professoras fundadoras do LABSFAC foram: Carmen Leontina Ojeda Ocampo Moré, Jadete Rodrigues Gonçalves e Maria Aparecida Crepaldi.   O Laboratório já foi coordenado pelas professoras: Carmen L. O. O. Moré, Lucienne Martins Borges, Maria A. Crepaldi e hoje pela Elisangela Böing. Recentemente passou a integrar a equipe a Profa Dra. Ivânia Junn Luna. Desde 1983 as componentes do LABSFAC, em conjunto com o corpo discente atuam nas instituições de saúde do município e de Assistência Social de Florianópolis e região, quer seja em projetos de ensino, pesquisa, e/ou extensão ligados a área.

       Desde a sua criação o Laboratório promoveu e/ou participou de inúmeros eventos científicos. A exemplo deste tipo de atividade desenvolveu seminários semestrais que trataram de diferentes temas, tais como: “Experiências clínicas dentro da Abordagem Sistêmica – Casais em foco”; “Lieux d’accueil: Espaços de acolhimento para crianças e pais”; “Manifestos do coração: Significados da cirurgia cardíaca para pacientes pré e pós-cirúrgicos”, entre outros. É importante ressaltar que o compromisso social tem se estabelecido por meio de projetos de extensão, os quais apresentam como finalidade prestar assistência psicológica em diferentes agências da comunidade, como: Unidades de Saúde, Hospitais, Escolas, CRAS e ONGs em geral.

      O LABSFAC apresenta como missão a produção do conhecimento contextualizado, com vistas à promoção da saúde e prevenção dos agravos do desenvolvimento humano, razão pela qual preocupa-se em implementar projetos de intervenção  em contextos educacionais, de saúde e comunidades, a partir do aprofundamento de questões metodológicas que orientam a pesquisa e intervenção na área da saúde.

 

 

OBJETIVOS

 

Objetivos